Hoje é dia dela senhora da riqueza, do amor e da fertilidade, Hoje é dia de Oxum - Charles Corrêa D'Oxum

Hoje é dia dela senhora da riqueza, do amor e da fertilidade, Hoje é dia de Oxum




Hoje, dia 8 de dezembro, é dia da Orixá Oxum.

Uma das mais queridas Orixás africanas, Mamãe Oxum é a deusa da riqueza, do amor e da fertilidade.
Dia especial para seus filhos e protegidos fazerem suas oferendas e seus pedidos a esta amada Orixá.

Carente, sensível, bondosa, na linguagem popular, Oxum transmite todas essas qualidades aos seus filhos e é homenageada com muitas flores, perfumes e objetos caros, como seus filhos apreciam.

Oxum, orixá feminina das religiões afro-brasileiras é sincretizada com diversas Nossas Senhoras.

Deusa do amor, Orixá das águas doces, Oxum é aquela que mantém em equilíbrio as emoções, da fecundidade e da natureza. Mãe gentil dos povos antigos e dos novos, é ela que renova e intercede por nós em todas as situações.

Através de mamãe Oxum, os fiéis buscam auxílio para a solução de problemas no amor, uma vez que ela é a responsável pelas uniões, e também na vida financeira, a que se deve sua denominação de “Senhora do Ouro”, que outrora era do Cobre, por ser o metal mais valioso da época.

Por ter recebido o título como a Orixá do amor, é ela a mais procurada para as questões de união e relacionamentos. Todos aqueles que procuram por paz e estabilidade em uma relação, podem pedir à Oxum a sua benção para essa questão.

Também conhecida como Osúm, Osún ou Oxun, ela é a representação da sensibilidade, da delicadeza feminina e da paixão para motivar a essência da vida. Mamãe Oxum adora as águas calmas, e é através de sua energia que ela tranquiliza os corações dos apaixonados.

Oxum é uma orixá conhecida por reinar nas águas das cachoeiras, na água doce dos rios, no amor, na beleza, riqueza e na diplomacia. O seu nome tem origem africana e deriva do Rio Osun, que corre na Iorubalândia, região nigeriana de ijexá e Ijebu. Identificada no jogo do merindilogun pelos odu ejioko e Ôxê, é representada pelas religiões de matriz africana, material e imaterialmente, por meio do assentamento sagrado denominado igba oxum.

Na natureza, o culto a Oxum costuma ser realizado nos rios e nas cachoeiras, Oxum é símbolo da sensibilidade e muitas vezes derrama lágrimas ao incorporar em alguém, característica que se transfere a seus filhos, identificados por chorões.








Charles Corrêa D' Oxum

Axé a todos e que os orixás abençoe a vida de cada um hoje e sempre.
Lembre-se:
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.


Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Antes de sair gostaria de curtir a fanpage do blog?