Sobre o Orixá Xapanã - Charles Corrêa D'Oxum

Sobre o Orixá Xapanã



Este Orixá conhecido por sua fúria e vingança contra malfeitores e pessoas que tratam as coisas sem o devido respeito e honestidade, é muito respeitado em todas as Nações da África ao Brasil.

Pertence a Xapanã todas as doenças materiais e espirituais, principalmente as doenças de pele, como varíola e a lepra, com estas normalmente castiga quem merece, também é dono da feitiçaria e ele responde pelo processo de desencarne terrestre.

Carrega consigo um apetrecho confeccionado com nervura da folha do dendezeiro, ornado com búzios, palha da costa, fio de conta e cabaça e seu nome é Xaxará, com sua vassoura limpa as energias negativas levando todo o mal.


Uma de suas missões no mundo material e espiritual, é varrer as coisas que não tem mais utilidade, por este e outros motivos, é um dos Orixás que responde junto com Xangô e Iansã pelos processos de desencarnação, pelos cemitérios, pela destruição e em defesa dos espíritos maléficos.

Dono do Feitiço, os serviços mais comuns feitos para Xapanã são para corte de feitiços ou demandas.

A vassoura representa a palha que ele vestia que carrega e varre todo o mal e da mesma forma ele se protegia dos Eguns.

Xapanã anda coberto da cabeça aos pés com palha-da-costa para esconder a lepra.

Yemanjá cria Xapanã desde pequeno tornando-o forte e saudável.

Xapanã é um Orixá de Epô (azeite de dendê).

Detalhes do Orixá:


Dia da semana - Quarta-feira.

Cores - Vermelho e preto ou lilás

Símbolo - Vassoura, palha, búzios.

Comida - Diversos grãos, feijão, preto, feijão miudo, amendoim, milho, apetê de batata.

Sincretismo Religioso:


Xapanã Jubeteí: São Roque ou São Lázaro
Xapanã Belujá: Jesus Cristo crucificado ou Senhor dos Passos
Xapanã Sapatá: Jesus Cristo crucificado

Os Arquétipos(filhos):


Os filhos de Xapanã geralmente tem manchas pelo corpo, cicatrizes e secreções que perduram a vida toda.

São obstinados e honestos, mas por outro lado são rancorosos.

Gostam muito de prestar ajuda aos outros e são extremamente sensíveis.

Tem rosto anguloso, tronco pequeno e, na maioria das vezes são magros e altos com manchas no corpo.

São pessoas que ocultam sua individualidade sob uma máscara de austeridade. Têm muita dificuldade em se relacionar, pois são muito fechados e de pouca conversa.

Geralmente apaixonam-se por pessoas totalmente diferentes deles mesmos, isto é, por figuras extrovertidas e sensuais.

Gostam de ver o ser amado brilhar, normalmente são irônicos, secos e diretos.

Não são pessoas de levar desaforos para casa e nem de falar pelas costas.

Odeiam fofocas e vulgaridades do gênero, a solidão é muito peculiar a essas pessoas, devido à sua própria personalidade.

Não se sentem satisfeitos quando a vida corre normalmente, precisam mostrar seu sofrimento, exagerando, muitas vezes, nesse tipo de comportamento.

São pessoas firmes e decididas, que lutam para conseguir seus objetivos.

Geralmente, não sentem medo da morte, pois no fundo de seu ser, compreendem que ela é apenas uma renovação.

Os filhos desse Orixá são muito independentes e têm a necessidade de crescer com suas próprias forças e recursos.

Apresentam pouco brilho em seu rosto e um semblante sério, com raros momentos de descontração.

Parece que eles carregam sobre os ombros todo o sofrimento do mundo.

Adoram fazer caridade e aliviar o sofrimento das pessoas, embora não se abalem emocionalmente com isso.





Charles Corrêa D' Oxum

Axé a todos e que os orixás abençoe a vida de cada um hoje e sempre.
Lembre-se:
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.


Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Antes de sair gostaria de curtir a fanpage do blog?