Sobre o Orixá Ogum - Charles Corrêa D'Oxum

Sobre o Orixá Ogum




Orixá da guerra, das batalhas, dos metais, da agricultura, dos caminhos e da tecnologia.

Orixá guerreiro, defendendo as leis e a ordem, representa todas as batalhas da vida, ele faz parte de tudo aquilo que é preciso lutar para alcançar vitória.

Ogum ensina os homens a manufaturar o ferro e o aço, a ele pertence o "obé" – a faca utilizada para os sacrifícios.


Detalhes do Orixá:

Saudação - Ogunhê.

Dia da semana - segunda-feira para Ogum Avagã e quinta feira para os demais.

Número - 07 e seus múltiplos.

Cor - vermelho e verde.

Guia - vermelho e verde.

Oferenda - farinha de mandioca mistura com dendê, costela de gado assada e laranjas de umbigo.

Adjuntos - Avagã com Oyá Timboá ou Oyá Dirã, Onira com Oyá, Adiolá com Oxum Pandá ou Iemanjá Bocí.

Ferramentas - alicate, espada, faca, bigorna, búzios, moedas, martelo, tenaz, lança e ferradura.

Sincretismo Religioso:

Ogum Avagã - São Paulo
Ogum Onira e Adiolá - São Jorge


Os Arquétipos (filhos):

Os filhos de Ogum possuem um temperamento um tanto violento, são impulsivos, briguentos e custam a perdoar as ofensas dos outros.

Não são muito exigentes na comida, no vestir, nem tão pouco na moradia, com raras exceções.

São amigos camaradas, porém estão sempre envolvidos com demandas.

Divertidos, despertam sempre interesse nas mulheres, tem seguidos relacionamentos sexuais, e não se fixam muito a uma só pessoa até realmente encontrarem seu grande amor.



Charles Corrêa D' Oxum

Axé a todos e que os orixás abençoe a vida de cada um hoje e sempre.
Lembre-se:
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.


Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Antes de sair gostaria de curtir a fanpage do blog?