Oração à Xangô - Charles Corrêa D'Oxum

Oração à Xangô




Oh! Senhor dos Trovões.

Pai da Justiça e da retidão.

Orixá que abençoa os injustiçados e castiga os mentirosos e caluniadores.

Defenda meu Senhor, minha casa, minha família dos inimigos ocultos, dos ladrões e dos mentirosos.

Oh! Xangô roga-te as vibrações de amor e misericórdia, Pai da dinastia humana, livra-me de todo escândalo.

Orixá de grande força e harmonia.

Protetor dos injustiçados e advogados das boas causas.

Pedimos que nos envie um raio de luz e uma faísca de seu incomensurável poder, a fim de abrandarmos a violência de nossas manifestações de ódio e de rancor contra os nossos semelhantes.

Mostrai-nos o caminho certo, para cumprirmos a missão que foi determinada pelo Pai.

Se nossos erros ou nossas faltas nos desanimarem deixe-nos sentir a sua presença, para seguir suas pegadas no caminho da fé e da caridade, para que assim possamos levar a Sua Justiça por toda a eternidade.

Que Assim seja!

Kaô Kabecilê!



Charles Corrêa D' Oxum

Axé a todos e que os orixás abençoe a vida de cada um hoje e sempre.
Lembre-se:
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.


Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Antes de sair gostaria de curtir a fanpage do blog?