Como identificar um espírito obsessor? - Charles Corrêa D'Oxum

Como identificar um espírito obsessor?





Antes de desenvolver melhor o tema vamos definir alguns conceitos que serão utilizados para explicação do conteúdo:

OBSESSOR:

Algo ou alguém que exerce influência sobre outra parte, alterando, diminuindo, drenando ou desorganizando a sua vibração.

Este obsessor está presente porque a pessoa atraiu pela sua energia de vibração ser parecida ou este obsessor é enviado por feitiço ou trabalho espiritual.

OBSESSOR ESPIRITUAL:

É uma entidade desencarnada, densa ou baixa, portanto extrafísica, a qual aos olhos destreinados torna-se invisível. Trata-se de um espírito em estágio menos avançado de aprimoramento moral, e por sua condição, permanece em sintonia com seres de mesma frequência vibratória, em condição de simbiose. Ou são enviados por feitiço ou trabalho espiritual.

Estes espíritos vão cumprir sua missão negativa a qualquer custo, pois já não tem nenhum objetivo astral.

Existem muitas evidencias que podem indicar que você está sofrendo uma obsessão espiritual, as quais vou procurar apresentar nas próximas linhas, contudo, é importante que você entenda que a causa principal da obsessão é o seu próprio conjunto de comportamentos, pensamentos e sentimentos.

Mesmo porque, a sintonia só acontece se você estabelece a mesma frequência na qual vibra o obsessor.

A culpa nunca é do obsessor?

Todo processo de obsessão acontece por compatibilidade, portanto o que determina a simbiose entre uma pessoa e seu obsessor é uma ligação por ressonância que respeita essas leis naturais.

Se você chegar a conclusão de que está com um obsessor espiritual, não saia correndo gritando de medo, com desespero e pânico, simplesmente pelo fato de que o obsessor que uma pessoa atrai, é a consequência de suas falhas no equilíbrio emocional, mental e na capacidade de sentir amor.

Uma vez que você perceber alguma intromissão na sua energia pessoal, a melhor forma de reverter o quadro é mudando o seu conjunto de pensamentos, sentimentos e emoções, que em outras palavras quer dizer, aumentando a sua elevação moral e o seu estado de amor.

Contudo, se o obsessor foi enviado por feitiço, ele só pode ser retirado de seu caminho através de ritual específico. Ou seja, procure uma terreira para eliminar esta energia de sua vida.


ALGUNS SINAIS QUE PODEM INDICAR A PRESENÇA DE OBSESSÃO ESPIRITUAL:


-Falta de paciência: sentimento repentino e intenso de irritação e intolerância. Você explode fácil e não consegue se controlar;

-Irritação: você sente irritação com mais frequência, aparentemente tudo começa lhe aborrecer;

-Fragilidade emocional: qualquer coisa é motivo para que emoções fortes surjam, como choro, angustia e tristeza, mesmo com motivos sem importância;

-Dores: surgem dores nas costas e na região do estômago sem associação a nenhum problema físico ou acontecimento relacionado. Também existe a sensação de pressão na cabeça e peso nos ombros. Muitas pessoas podem sentir essas sensações por motivos diversos os quais não tem qualquer relação com a obsessão espiritual, portanto tenha cuidado ao fazer a análise.

Mas em caso de haver uma associação desses sintomas com os sintomas acima citados, então as chances são muito mais reais de haver a obsessão espiritual;

-Pensamentos impróprios: sem que você queira, surgem pensamento impróprios sobre as coisas ou situações.

São pensamentos que brotam no seu interior os quais não são positivos e de alguma maneira causam medo, desconforto, agressividade, paranóia ou sentimentos parecidos;


-Bocejo em excesso e cansaço físico contínuo: o bocejo é um indicador de ajuste do seu campo energético ou aura.

Para que ele se organize e se harmonize em diversas situações da vida, o bocejo aparece como forma de contração e descontração da aura, promovendo assim um efeito descarga.

Mas se o bocejo é muito presente e constante, pode indicar que a pessoa está precisando se limpar e não está conseguindo.

O bocejo é normal, mas o excesso deve ser observado.

Já o cansaço físico permanente pode apontar problemas de ordem física e também deficiências na alimentação.

Contudo, se surgirem os estados de cansaço além do que consideramos normal na vida diária, além disso, se estiverem associados aos estados citados anteriormente, pode ser um forte sinal de obsessão espiritual.

- sempre tem alguém doente em casa, brigas e desentendimentos sem motivo, falta de prosperidade financeira, vícios, etc, são sinais de obsessores.

- copos ou vidros quebrando a todo momento, problemas em qualquer coisa que envolva água, e vultos sentidos nas costas ou estalos na residência.


Autor: Tito de Xangô





Charles Corrêa D' Oxum

Axé a todos e que os orixás abençoe a vida de cada um hoje e sempre.
Lembre-se:
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.


Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Antes de sair gostaria de curtir a fanpage do blog?