Oyá e Oxum uma protegendo e dando forças para à outra - Charles Corrêa D'Oxum

Oyá e Oxum uma protegendo e dando forças para à outra



Quando OYÁ, Rainha dos ventos e tempestades, estava com seu coração confuso, cheio de mágoa e tristeza, ela ia se lavar nas águas doces de OXUM.

Ela pedia colo e conselhos, pedia conforto e um pouco do amor incondicional de uma Mãe.

Quando OYÁ chegava, OXUM se alegrava e a recebia de braços abertos, enfeitava seus lindos cabelos com o primeiro desabrochar das rosas vermelhas mais lindas que encontrava e pedia aos passarinhos que cantassem suas melodias mais doces.

OXUM envolvia sua querida irmã com seus raios dourados e esperava pacientemente que se acalmasse e assim pudesse contar tudo o que se escondia naquele coração tão amado.

Depois de um longo tempo em que OYÁ aliviava seu coração e encontrava em OXUM o retorno para suas emoções e o equilíbrio necessário, algo misterioso sempre acontecia.

Quem olhasse de longe poderia ver o deslumbrante e a perfeição dos movimentos que a água e o vento geravam, plenos como em uma dança, as duas energias giravam e giravam, um alimentando e elevando a outra.

O que acontecia é que Mamãe OXUM se alimentava da ira e tristeza de OYÁ, se fortalecia, se iluminava e conseguia todo o conforto e energia necessários para encontrar o caminho do mar, principalmente para superar suas próprias dores e tristezas.

Uma protegia a outra, uma alimentava a outra e juntas eram capazes de trazer força e amor a todos que por elas clamavam... Que a força e a proteção de Oxum e Oyá estejam sempre com vocês


Charles Corrêa D' Oxum

Axé a todos e que os orixás abençoe a vida de cada um hoje e sempre.
Lembre-se:
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.


Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Antes de sair gostaria de curtir a fanpage do blog?