Iemanjá e a guerra de espelhos - Charles Corrêa D'Oxum

Iemanjá e a guerra de espelhos




Iemanjá é a Deusa das águas e dos oceanos.

Um dia um determinado reino decidiu declarar guerra a Iemanjá. Já sabendo que ela vivia sozinha sem guardiões.

Embora inteligente, depois de tanto pensar no que deveria fazer para se proteger e vencer a batalha, Iemanjá resolveu distribuir espelhos de todas as formas e tamanhos a beira mar.

Chegando a hora da batalha, Iemanjá vai para a frente dos espelhos com uma espada em punho e quando seus inimigos chegam perto assustam-se com as suas próprias imagens distorcidas refletidas nos espelhos e fogem amedrontados, contando ao Rei que Iemanjá não é sozinha como haviam pensado, mas possui um exército de criaturas horríveis.

É assim que Iemanjá venceu a guerra, sozinha, mostrando a imagem de seus inimigos a eles próprios.

Iemanjá é muito perspicaz, senhora de uma beleza e majestade inigualáveis, e é muito altiva e valente.





Axé a todos!
Charles Corrêa D' Oxum


Antes de sair gostaria de curtir a fanpage do blog?