Como não amar sua Casa de Santo e seu Axé? - Charles Corrêa D'Oxum

Como não amar sua Casa de Santo e seu Axé?



COMO NÃO AMAR O SEU TERREIRO, SEU AXÉ?

Como não amar a Casa que te acolhe em um momento de dor, frustração, tristeza, enfermidade...?

Como não amar a Casa de Santo que aceitou você com suas deficiências e defeitos?

Como não amar e se doar para Casa que confia em você?

Como não amar a Casa que te ensina e transmite a vontade de aprender, conhecer...
A Casa que lhe tornou um grande curioso, um faminto pelo saber??

Como não amar a Casa que é simples, humilde, mas que carrega e doa a maior das riquezas, a Fé?

Como não amar a Casa que a cada falha ou erro tem alguém que possa lhe explicar, orientar e trazer sentindo as tantas outras Coisas que a vida não ensina ou explica?

Como não amar a Casa que em seus momentos de raiva, impaciência e indisciplina, ainda assim nunca lhe deixou sem chão?

Como não amar a Casa que lhe estende a mão depois de você ter caído muitas vezes e mesmo assim não desiste de você?

Como não amar a Casa que lhe presenteou com uma nova família, novas perspectivas, novos sonhos?

Como não amar a Casa onde o Zelador(a) mesmo tendo sua família e filhos carnais, quando você precisa, abandona tudo e vai lhe socorrer?

Como não amar a Casa que por muitas vezes fez com que você não se sentisse sozinho ou órfão de Família!?

Como não amar a Casa que tem amor por você e por todos os assistidos, sem distinção de cargo, poder, cor...?

Como não amar a Casa que te ensinou o porquê você está no axé?

Como não amar a Casa onde o Zelador(a) está aberto a ensinar, compartilhar e receber tudo com você?

E se essa Casa espiritual lhe mostrou que você está no axé por amor ou pela dor...
Ahhh meu irmão, acredite que é realmente impossível não amar essa Casa de misericórdia!

Ame sua Casa, ame seu Zelador(a), ame seus Irmãos independente de tudo, independente de história mal contada, ou qualquer coisa, pois você vai estar sempre diante do Orixá de seu irmão, do seu Orixá, então ame!!

A Casa Espiritual é o que traz sua paz interior, sua gana por conhecimento dos parâmetros de hierarquia, da caridade.

Tudo isso está dentro da sua Casa de axé.

Ame, simplesmente ame!

Você não sente isso em sua Casa de Santo???

Peça Agô, misericórdia, seja humilde e saia.

Procure uma Casa espiritual que lhe faça sentir esse Amor, não uma Casa que você vá ou está por Obrigação ou Missão.

Ter GRATIDÃO por uma Casa de Santo....

Não é você estar ali por obrigação, mas sim por AMOR.

Amor leve que te toca a alma!

E se você tiver essa Gratidão, me responda: Como não amar sua Casa de Santo?


Autor Desconhecido


Charles Corrêa D' Oxum

Axé a todos e que os orixás abençoe a vida de cada um hoje e sempre.
Lembre-se:
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.


Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Antes de sair gostaria de curtir a fanpage do blog?