Sou filho de que Orixá? - Charles Corrêa D'Oxum

Sou filho de que Orixá?





Eu não me importo se sou filho de um certo Orixá.

Todos os Orixás são meus pais e mães!

Eu sou filho da alegria, das encruzilhadas!

Eu sou filho da coragem, das estradas!

Eu sou filho da caça, das matas!

Eu sou filho dos mistérios, das folhas!

Eu sou filho da saúde, dos cemitérios!

Eu sou filho dos ventos, das tempestades!

Eu sou filho do fogo, da justiça!

Eu sou filho das águas doces, do amor!

Eu sou filho da pesca, da fartura!

Eu sou filho da nuvem, da chuva!

Eu sou filho do Sol, da visão sagrada!

Eu sou filho da guerra, dos rios!

Eu sou filho das risadas, da infância!

Eu sou filho da sabedoria, dos ancestrais!

Eu sou filho da velhice, da árvore divina!

Eu sou filho das bruxas, dos feiticeiros!

Eu sou filho do conhecimento, dos pensamentos!

Eu sou filho do mar, das ondas!

Eu sou filho da paz, sou filho da guerra!

Eu sou filho do céu, sou filho do pai-de-todos!

Eu sou filho dos Orixás!





Charles Corrêa D' Oxum

Axé a todos e que os orixás abençoe a vida de cada um hoje e sempre.
Lembre-se:
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.


Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Antes de sair gostaria de curtir a fanpage do blog?