Desabafo de um(a) filho(a) de Oxum - Charles Corrêa D'Oxum

Desabafo de um(a) filho(a) de Oxum





"Sabe mamãe...

Eu tenho tanto a lhe falar,

Da falta de fé que tive por algumas vezes.

Das tantas e tantas vezes que pensei em desistir.

Das pessoas que me desanimavam, das críticas e dos muitos tapinhas falsos nas costas que doeram mais que tapa na cara!

Sabe mamãe...

O dinheiro foi curto, e quase desisti das obrigações que tenho para o Orixá!

Eu não tinha nada...

E quando caí em mim, descobri que teria menos ainda sem o Orixá.

E isso me deu força pra lutar, pois eu podia perder tudo, menos a fé.

Presente maior que a vida me deu, eu lutei como uma leoa!

Hoje mamãe...

Agradeço pela força e pela batalha que travei, ela me preparou para guerras maiores!"

Hoje dia da minha Deusa, minha Rainha...

Que a senhora possa estar sempre me guiando no caminho do ouro, da paz e do amor...






Charles Corrêa D' Oxum

Axé a todos e que os orixás abençoe a vida de cada um hoje e sempre.
Lembre-se:
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.


Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Antes de sair gostaria de curtir a fanpage do blog?